Deutsch

 

 

Eu e eu

Eu e eu Hoje fui ao meu encontro e não encontrei aquilo que sou.

O que eu encontrei foi o que os outros não sabem que são. O que eu

sou é Transe.

Transe que dura uma eternidade e não deixa que eu me aceite da maneira mais ideal.

Eu posso ver, ouvir, e sentir e sobretudo estou chocada com aquilo

que vejo em mim.

Eu vejo-me doente, cansada e confusa e pergunto-me porque é que

ninguém me compreende.

A solução não encontrei e a espera é terrivelmente longa e penosa.

Quem sabe se eu ainda posso usar o meu dom para poder dizer às pessoas,

que no inconsciente tudo existe e nada é como nós pensamos.

Em mim existe também aquilo que eu quero dizer ser MEU:

eu, o meu próprio Eu e novamente eu.

Para me reencontrar preciso de: paciência, paz e liberdade!

Texto do transe em mim

Yonis

 

 

Yonis-001-1140x400@2x

 

Eu sou o que sou.

E só o que sou

¿¿¿ é o que quero ser???

Se o nome diz: 

“Yonis tu és luz negra”

E a luz negra, diz, que eu sei que sou negra!?

Como faço???

!! Se não entendo onde e o que é, a minha luz no nome que eu sou????!!!

Serei só luz??

Serei mesmo luz negra??

Ou será que a luz negra é o   “Om”     que domina tudo o que origina a vida, no corpo que eu

possuo e rejo ???

Sei reger, sei o que como e o que bebo, sei o que sonho e sei o que quero fazer…

Só que na vida de Yonis

o nome ainda sabe

que reger a vida num “Om”

… que no corpo é só luz negra ..!! ?

….   O que faço e o que como…

… quando o meu corpo rege aquilo que o Om não sabe viver ???

Seremos mesmo o que somos?

Seremos mesmo a luz que nos rege??

Ou seremos o que somos em luz que rege um “Om” que eu sei que quero ser …??

…   E nunca é o que deve ser…..????

Serei eu?  ….  Sera’ o “OM” ?

Ou seremos todos o que sabemos,

o que queremos e vivemos e nunca sabemos o que é??????

A pergunta ao que quero ser … é … “o que eu sei, que sei ser”

Quando me perguntas o que sou… …

respondo só:

! ! o meu “OM” é que diz, que eu sei o que quero, o que faço e o que como…!!

E quando eu sei o que sinto ….

faço-o e não pergunto…..””””””

 

 

 

Deixe uma resposta